Fonemas e Letras

 

Letras

Com o novo acordo ortográfico, o alfabeto da língua portuguesa passou a ser formado por 26 letras (entraram as letras k,w, y), cada uma delas com uma forma minúscula e outra maiúscula:

a A (á)
b B (bê)
c C (cê)
d D (dê)
e E (é)
f F (efe)
g G (gê ou guê) 
h H (agá)
i I (i)
j J (jota)
k K (capa ou cá) 
l L (ele)
m M (eme)
n N (ene)
o O (ó)
p P (pê)
q Q (quê)
r R (erre)
s S (esse)
t T (tê)
u U (u)
v V (vê)
w W (dáblio) 
x X (xis)
y Y (ípsilon) 
z Z (zê)

Observações: 

1. Além destas letras, usam-se o ç (cê cedilhado) e os seguintes dígrafos: rr (erre duplo), ss (esse duplo), ch (cê-agá), lh (ele-agá), nh (ene-agá), gu (guê-u) e qu (quê-u).
2. Os nomes das letras acima sugeridos não excluem outras formas de as designar.

As letras k,w e y são utilizadas nos seguintes casos:

a) Nomes próprios estrangeiros e seus derivados: Franklin, Byron, byroniano, Wagner, Kuwait, etc.

b) Abreviaturas e símbolos internacionais: K (potássio), Kg(quilograma), km (quilômetro), kW (kilowatt), etc.

c) Palavras estrangeiras de uso internacional: ketchup, know-how, show.

Emprego do h

O h não corresponde a nenhum som. Ele é utilizado nos seguintes casos:

a) no início de certas palavras: Haver, Hoje, Herbívoro. 

b) no final de algumas interjeições: ah!, ih!, uh! 

c) Numa palavra composta, pertence a um elemento que está ligado ao anterior por meio de hífen: anti-higiénico/anti-higiênico, contra-haste, pré-história, sobre-humano.

d) nos dígrafos ch, lh, nh: chave, malha, minha, banho.

O h inicial suprime-se:

a) Quando, apesar da etimologia (origem da palavra), a sua supressão está consagrada pelo uso: erva (em vez da latina herba); e, portanto, ervaçal, ervanário, ervoso (em contraste com herbáceo, herbanário, herboso, formas de origem erudita). Note que as duas formas podem ser aceitas, por exemplo, ou escrevemos erVoso ou HerBoso.

b) Quando, por via de composição, passa a interior e o elemento em que figura se aglutina ao precedente: biebdomadário, desarmonia, desumano, exaurir, inábil, lobisomem, reabilitar, reaver.

Bizu: Note que o h é perdido nas palavras compostas iniciadas por 'des' e 'in': desonesto, desabitado, inábil.

c) Por tradição: por tradição, Bahia é escrito com h, mas os seus derivados baiano, baianidade e compostos como coco-da-baía não mantêm o h.

Emprego do S

a) depois de ditongos: coisa, faisão, maisena, lousa.

b) nos adjetivos terminados em oso/osa, quando indicam abundância: cheiroso, dengosa.

c) nos adjetivos terminados em ense, quando indicam origem: fluminense, canadense, palmeirense.

d) nos sufixos ês/esa/isa, em palavras que indicam origem, título de nobreza ou profissão: holandês, princesa, profetisa.

e) na correlação "nd->ns". Exemplos: 

pretender -> pretensão
expandir -> expansão, expansivo
suspender -> suspensão

f) na correlação "pel -> puls". Exemplos:

impelir -> impulsão, impulso 
expelir -> expulsão
repelir -> repulsivo

g) quando a primitiva é grafada com s. Exemplos:

casa -> casinha 
atrás -> atrasar
pesquisa -> pesquisar
análise -> analisar
aviso->avisar.

e) nas flexões dos verbos pôr e querer e seus derivados: quiser, pus, quis.

f) quando o verbo no infinitivo possuir d e o substantivo correspondente tiver som de z. Exemplos:

iludir->ilusão
defender->defesa
aludir->alusão.

Palavras com S

ânsia, ascensão, aspersão, cansar, conversão, esconso, farsa, ganso, imenso, mansão, mansarda, manso, pretensão, remanso, seara, seda, serralheiro, Singapura, Sintra, tarso, terso, valsa;

Vogais

As vogais são classificadas segundo quatro critérios:

a) Quanto à zona de articulação

  • Anteriores (ou palatais). Ex: pele, perigo, livro.
  • Médias. Ex: casa, mala, pago.
  • Posteriores. Ex: mole, bula. a

b) Quanto ao timbre

  • Abertas. Ex: casa
  • Fechadas. Ex: mesa
  • Reduzidas. Ex: casa

c) Quando ao papel da cavidade bucal e nasal

  • Orais. Ex: maré, pele.
  • Nasais. Ex: alemã, elefante.

Obs: A nasalidade é marca pelo til (~) ou pelas letras m e n no após a vogal (dígrafo vocálico)

​d) Quanto à intensidade

  • tônicas (maior intensidade) Ex: casa, pele.
  • átonas (menor intensidade). Ex: casa, pele.

 

Education - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.