A fonte originária e principal do direito constitucional é constituição escrita. Já as fontes derivadas dividem-se em dois grupos:

a) Delegadas: Decorrem de competências atribuídas a órgãos inferiores para produção de normas jurídicas. São elas: Leis, decretos e jurisprudência
b) Reconhecidas: São normas acolhidas antes ou durante a vigência da constituição. Ex: Leis recepcionadas e Costumes constitucionais

Costumes Constitucionais

Um costume constitucional deve possuir o aspecto objetivo (prática comum e habitual) e o aspecto subjetivo que é indispensável à coletividade. O seu conteúdo está relacionado com os direitos fundamentais, à estrutura do Estado ou à organização dos poderes.

Um costume constitucional pode ser de três tipos: praeter, secundum ou contra. Um “costume praeter constitutionem” (além da constituição) pode ser usado para interpretação e integração do texto constitucional. Um costume “secundum constitutionem” está de acordo com a constituição, logo pode ser utilizado. Por fim, um costume “contra constitutionem” é aquele contra a constituição e por isso não deve ser admitido.

Doutrina

Vale destacar que a doutrina pode ser considerada como um fonte indireta de produção do direito, pois,em sua dimensão prático-normativa, elabora propostas pra solução de casos jurídicos-problemáticos.